viagem01

O QUE NÃO DEVEMOS ESQUECER ANTES DE VIAJARMOS PARA O EXTERIOR?

Quem nunca passou ou presenciou situações desesperadoras de pessoas que esquecem de itens importantes para viajar? Pois é, esses tipos de esquecimentos são mais comuns do que pensamos. Portanto, vale a pena parar, respirar e focar principalmente nos itens que podem te impedir de embarcar. Não queremos que a a viagem dos sonhos vire um pesadelo.

Com quanto tempo de antecedência devo começar a me organizar? Desde o momento em que você cogitou sobre a viagem. Por exemplo, se você está planejando viajar os Estados Unidos é interessante, antes mesmo de comprar a viagem, começar a providenciar o passaporte e o visto.

Os americanos diferentemente de outros países que exigem visto, não exigem que você esteja com a viagem comprada. Muito pelo contrário. O cônsul até olha meio “torto” para quem vai para entrevista com tudo comprado.

Vacina: Alguns países estão sob alerta da febre amarela, e exigem o certificado de vacinação contra a doença. A vacina precisa ser tomada com no mínimo 11 dias antes da viagem, uma vez que esse é o prazo que ela leva para surgir efeito. Se você não tomar, pode chegar a não embarcar ou ser deportado.

Seguro Viagem: Você sabia que é muito importante comprar o seguro com boa antecedência da viagem? Alguns seguros possuem benefícios maiores para quem compra-o com antecedência de 15 a 30 dias da viagem. É extremamente típico o cliente comprar primeiro o aéreo e terrestre e deixar o seguro para a véspera da viagem. Um desses benefícios é a cobertura por cancelamento de viagem, onde se você tiver um motivo JUSTIFICÁVEL de cancelamento, o seu seguro te beneficiará com um valor para suprir os encargos de cancelamento. Consulte o seu agente de viagens e saiba quais seguros possuem esse benefício.

Moeda:  Não se iluda com perspectivas de queda no câmbio. Se você perceber que o câmbio está razoável, compre-o. Se sua viagem é de longo prazo compre um pouco da moeda por semana e por mês. Jamais deixe para comprar todo o valor com pouco tempo de antecedência da viagem. Você poderá sofrer sérios prejuízos cambiais ou até mesmo ficar sem a moeda por falta de disponibilidade.

Não esqueça de consultar um bom agente de viagens: Seu agente fará o planejamento da sua viagem para que você não perca o seu tempo super valioso naquele(s) país(es). O baratinho pode sair muito caro se você não tiver um bom plano de viagem.

Previsão do tempo: Verifique a previsão do tempo dos locais de destino, assim você não precisará pagar excesso de bagagem levando roupas de frio desnecessariamente, ou morrer de frio pela falta delas.

Calçados: Se você vai para um Tour na Europa por exemplo, é certo que você terá muito chão a percorrer durante o dia inteiro. Uma dica importante é evitar calçados que acabaram de ser comprados. Normalmente eles costumam castigar mais os pés. Leve pelo menos um par de tênis ideal para caminhada e um par de sapatos para a noite. No caso de mulheres, sei que é impossível apenas um par mas, leve aqueles que você se sente melhor. Não seria nada agradável acordar com os pés inchados e machucados no dia seguinte e perder as maravilhas daquele destino.

Remédios: Faça uma lista dos remédios que você costuma usar com frequência, para que assim você não passe por sufoco no país de destino se precisar comprá-los. Existem regras sobre o transporte de medicamentos em aeronaves assim como a aceitação deles no país de destino.

Quanto levar na viagem? Essa é uma pergunta bastante frequente, mas que vai de encontro ao perfil de cada pessoa. Se você vai à Europa é comum que você, a menos que seja bem rico, queira vir com malas cheias de compras. Já nos Estados Unidos os brasileiros vão somente ou quase sempre na intenção e sede de comprar. Faça uma lista do que você pretende comprar e visite sites de empresas daquele país ou cidade, para que assim você tenha uma noção do quanto irá gastar. Para as necessidades básicas como transporte e alimentação, recomenda-se uma média de 90 dólares por dia e por pessoa  para a América do norte, e 80 euros por dia e por pessoa para a Europa. Em países da América do Sul como Argentina e Santiago por exemplo, a nossa moeda (R$) é bastante valorizada e, algumas vezes, também aceito em certos estabelecimentos. Porém, é recomendado que você leve a moeda local para que tenhas maior flexibilidade de escolha de compras.

Cópia do passaporte: Leve consigo uma cópia colorida do seu passaporte. Deixe a original sempre bem guardada no cofre do apartamento. Assim, você não corre o risco de perder o seu documento mais valioso no exterior.

Além desses itens com certeza existirão outros, mas o que é mais importante é parar, pensar e anotar tudo antes da viagem para conseguir aproveitar o destino com tranquilidade!

FONTE: Agentes de viagens.com

 

Nenhuma mensagem

Deixe uma mensagem

AINDA TEM DÚVIDA?

Fale agora conosco,
Help Center ininterrupto 24 horas todos os dias!

Nextel
55 11 94038-7799
Nextel
55 11-7872-4783
Whatsapp
55 11 94038-7799

CLIQUE AQUI E FAÇA SUA COTAÇÃO

O QUE NÃO DEVEMOS ESQUECER ANTES DE VIAJARMOS PARA O EXTERIOR? - 1405