aereo

Praia do Forte – BA – as belezas naturais e projetos de preservação

Quem nunca foi à Praia do Forte, não sabe o que está perdendo!

Há aproximadamente 1 hora de carro do aeroporto de Salvador, a natureza se desnuda de uma maneira absolutamente encantadora! Quem vai uma vez, sempre pensa em voltar!

Viagem em trecho aéreo curto, com valores significativamente menores que as famosas viagens para EUA, Europa, etc… e resorts que promovem o descanso do corpo e da mente! Perfeito, não?

Bom, vamos começar pela hospedagem.

É claro que existem várias pousadas e hotéis no caminho da Mata de São João (o nome verdadeiro do local) mas, usualmente, o público do lazer se distribui entre os 3 principais resorts da região: Tivoli Ecoresort, Iberostar Bahia e Iberostar Praia do Forte.

Quais são as diferenças entre os três?

ibero tivoli

Na primeira foto acima, uma vista parcial do Iberostar Praia do Forte. Resort All inclusive, isto é, você tem todas as refeições incluídas, todas as bebidas, alcoólicas ou não, durante toda a sua estadia. Na hora de ir embora, não vem a tão temida “continha dos extras”… Hospedando-se neste, você também tem livre acesso a todas as instalações do resort vizinho, o Iberostar Bahia.

No Iberostar Praia do Forte é possível reservar sua suite numa área especial, premium, que dá acesso a piscinas privativas e SPA com diversos tratamentos estéticos (massagens, hidratação de pele, relaxamento…) onde os demais hóspedes não podem entrar.

Quem se hospeda no Iberostar Bahia também conta com um resort all inclusive, com todas as mordomias que se pode imaginar e com consumo liberado de bebidas, lanches, snacks, durante a hospedagem. No entanto, os hóspedes deste hotel não tem acesso liberado às instalações do outro,  Iberostar Praia do Forte

As acomodações são excelentes, camas macias, roupa de cama e banho trocados diariamente. Todo o conforto à sua disposição.

Já na segunda fotografia, temos a vista mar de um dos quartos do Tivoli Ecoresort, dos três, o mais próximo da vila e do Projeto Tamar.

Este não é all inclusive (um dos poucos resorts da Bahia que ainda não aderiu a este regime) mas, ao invés disso, é meia pensão, ou seja, já estão incluídos, em sua diária, o café da manhã e o jantar, com bebidas não alcoólicas somente durante as refeições. O problema é que, viajando ou não com crianças, num calor escaldante como é o da Bahia, fica impossível não tomar várias águas de coco durante o dia, sorvetes, algumas bebidinhas, almoçar em um dos restaurantes frente mar dentro do próprio hotel….e no final, a famosa “continha de extras” fica salgada.

Os quartos são tremendamente confortáveis e, na varanda, os hóspedes sempre acabam recebendo a visita dos animados micos que ficam pendurados na grade da varanda, na tentativa de ganhar alguma comidinha. Existe até um local específico, ao lado do restaurante, onde a alimentação e o contato com esses animaizinhos adoráveis é incentivada! Na hora do café da manhã, não é raro ver esses danadinhos invadindo o grande salão e roubando pães de queijo das mesas!

Não recomendo que você alugue carro lá. Primeiro, porque passará a maior parte do tempo entretido no resort, com todas as atividades oferecidas. Depois, qualquer saidinha (e normalmente é para a vila ou para o Projeto Tamar), ficam a 5 ou 7 minutos de distância, indo de tuctuc (o veículo da foto abaixo).

 

tuctuc

Este tuc tuc não passa de uma motocicleta com uma caçamba aberta, para transporte de até 6 pessoas. Um passeio curto, diferente e divertido, já que não vemos nada disso por aqui! Esses veículos deixam você no comecinho da vila para o passeio a pé.

vila

A vila é uma graça, exatamente como aparece na foto acima: uma única ruelinha, bastante arborizada onde, dos dois lados, se espalham restaurantes, bistros, pequenas lanchonetes, barzinhos, lojas de artesanato local e de moda praia (claro!).

Ao final deste trajeto bem curtinho abre-se uma pracinha, com a igreja local e a entrada do Projeto Tamar.

 

tamar

O projeto Tamar, na realidade, cuida da preservação das tartarugas marinhas e de outras espécies e promove eventos, nas certas temporadas, para que o público presencie a abertura dos ninhos e a ida das tartaruguinhas para o mar.

O restaurante, dentro do Projeto, é simplesmente delicioso e, quando viajam com pequenos, a visita é super interessante!

Na saída, muito bem aprendido com nossos amigos norte americanos, uma lojinha com vários produtos licenciados e motivos marinhos, desde vestuário, chaveiros, copos, canecas, bichinhos de pelúcia, sacolas….quase impossível sair de lá sem algum souvenir.

E ai, vamos para a Praia do Forte?

Nenhuma mensagem

Deixe uma mensagem

AINDA TEM DÚVIDA?

Fale agora conosco,
Help Center ininterrupto 24 horas todos os dias!

Mobile
55 11 99979-8869
Whatsapp
55 11 99979-8869

CLIQUE AQUI E FAÇA SUA COTAÇÃO

Praia do Forte – BA – as belezas naturais e projetos de preservação - 1813