safari1

Um safári na África do Sul

Boa noite!

Postei hoje no IGTV vinculado ao nosso perfil do instagram (@maisviagens.net.br) um video sobre dicas básicas para quem pensa em se aventurar num safári na África.

Bom, para começar, quando ir? Entre abril e setembro, a região é mais seca, o que faz com que os animais circulem mais. Entre novembro e fevereiro é uma época de tempo instável, com chuvas a qualquer momento do dia e, por isso, as chances de ocorrerem os grandes encontros com os chamados “Big Five”, os 5 maiores animais da região – búfalo, leão, leopardo, elefante e rinoceronte, são muito menores.

 

safari5Na África do Sul existem pelo menos 20 reservas onde há hospedagem em hotéis, lodges ou pequenas pousadas.

A reserva mais famosa é a Kruger Park, onde, também, se localizam os hotéis melhores. A curiosidade deste hotel é que, provavelmente por terem sido abandonados pela mãe, três guepardos foram alimentados na mamadeira por um centro de reabilitação da reserva. Por isso, estão bastante acostumados com o contato com os humanos, se comportando como gatinhos domésticos! Eles não vivem em cativeiro, mas soltos, como todos os animais e, por isso, você se surpreenderia imensamente se um desses gatinhos crescidos se aproximasse esperando um afago!! Fora dessa peculiaridade, a observação, apenas, é que as trilhas asfaltadas tiram um pouco da graça do safári….parece que estamos num ambiente planejado, controlado, e não no meio de um verdadeiro safári!

Perto da fronteira da África do Sul com Botsuana, existe outra reserva bastante famosa, de nome Madikwe Game Reserve mas, para falar a verdade, em qualquer das 20 reservas maiores e mais famosas, o coração vai bater mais forte do mesmo modo!!

Quem pode participar de um safári? Adultos, por óbvio. Crianças, entre 9 e 12 anos somente podem participar se o game driver (nosso conhecido jipeiro) permitir. Essa decisão é única, exclusiva e subjetiva do motorista! Ele vai conhecer a família, vai avaliar o temperamento e comportamento da criança e autorizar ou não sua participação. Isto se dá por um motivo bastante simples: para alguns animais, movimento ou barulho despertam sua curiosidade e, se estiverem com fome, incentivam um possível ataque ao veículo, colocando em risco a vida de todos os outros tripulantes.

Crianças com menos de 9 anos são terminantemente proibidas de participar de qualquer safári, devendo permanecer com uma cuidadora, no hotel, até o retorno dos pais ou responsáveis.

safari4

Sobre a duração, normalmente as Reservas propoem 2 saídas por dia: uma na madrugada e outra no final da tarde, cada uma com duração aproximada de 3 a 4 horas. Ao meio do dia o sol escaldante, em qualquer época do ano, faz com que os animais se recolham e busquem abrigo em locais de sombra, onde os jipes não conseguem acesso.

Existem dois tipos de veículos para viver esta aventura: os jipes pequenos, que comportam até 6 pessoas e os caminhões de caçamba aberta, que levam até 20 pessoas. Particularmente, não recomendo esses veículos maiores porque aqueles que se sentarem no meio da fileira terão visibilidade reduzida e menor chance de conseguir um clique legal dos animais encontrados!

Mas………..tenho que dizer que o safári pode ser uma experiência frustrante, afinal, estamos lidando com a natureza, com animais em seu habitat, que, diferente dos parques da Disney, onde os personagens marcam um horário e aparecem nos Spots (pontos de encontro) para saudar os visitantes (rsrsrs), não necessariamente aparecerão na rota do seu passeio. É apenas uma questão de sorte!

Como funcionou no caso de um familiar que fez exatamente esta viagem?

O game driver marcou a primeira saída às 3h da manhã. Imaginem que a África do Sul está na linha do Uruguai….o frio não é como o daqui de São Paulo que qualquer manguinha comprida já resolve o problema! O frio, na madrugada, é muito intenso e, à medida em que os participantes se apresentavam, o motorista já entregava o grosso cobertor que cada um usaria. E ainda passaram muito frio!!

O veículo começa a andar pelas trilhas e os jipeiros, que se comunicam por rádio, avisam quando encontram algum dos “big five”. Nessa saída da madrugada, alguém avisou ter encontrado um leopardo e, nesse momento, o motorista do nosso jipe corre para o local indicado, apaga as luzes e pede, além de absoluto silêncio, nenhum movimento.

safari3Então, após alguns minutos, o grupo, que olhava para a frente do veículo e para os lados, aguardando a aparição do leopardo é surpreendido por um salto, de uma árvore para outra, por cima do veículo, desse felino fantástico! Passado o susto inicial, creio que tenha sido a experiência mais inusitada e maravilhosa desse safári.

Outro acontecimento interessante foi no safári da tarde. O game driver notou pegadas novas na terra e avisou os passageiros que eram rastro e pegadas recentes de leão…que, portanto, eles iriam procurá-lo. Com o veículo em baixa velocidade e todos imóveis e em silêncio, o jipe avançou até que conseguiram localizar o leão, alimentando-se de uma zebra que tinha caçado minutos antes.

Existem, também, experiências traumatizantes, como a de um veículo que seguia um elefante e seu filhote quando o animal adulto ficou irritado e avançou para ataque ao jipe. Não havia espaço, nem tempo, para manobrar o carro. Assim, graças a habilidade do motorista, que fugiu do ataque, à toda velocidade, em marcha ré, todos se salvaram sem ferimentos.

safari2Como última curiosidade, não existe o que chamamos de “day use”, ou seja, não é permitido apenas comprar o passeio na reserva. Você tem que se hospedar na Reserva para poder participar de um safári.

O que recomendamos são 3 dias, período mais que suficiente para usufruir da natureza exuberante e diferente do local, descansar e se aventurar na busca pelos Big Five!

Essa aventura não é barata mas, certamente, as experiências vividas são para contar para filhos, netos, e ficarão em suas memórias para sempre!

Um grande beijo e fiquem em casa!!

 

 

 

Nenhuma mensagem

Deixe uma mensagem

AINDA TEM DÚVIDA?

Fale agora conosco,
Help Center ininterrupto 24 horas todos os dias!

Mobile
55 11 99979-8869
Whatsapp
55 11 99979-8869

CLIQUE AQUI E FAÇA SUA COTAÇÃO

Um safári na África do Sul - 1917